Na terceira parte de sua entrevista à Sepal, Carolina Fedoruk, preletora confirmada do Encontro 2020, apresenta as iniciativas digitais da Christian Vision para a propagação do Evangelho em todo o mundo

Por Cleiton Oliveira

Para ver a primeira e a segunda parte deste conteúdo especial, clique nos links a seguir:

A CV Global tem como objetivo “alcançar um bilhão” de pessoas para Cristo. Quando esse propósito começou? Quais ações o ministério tem realizado para atingi-lo? Já há números relacionados a essa iniciativa?

O propósito de alcançar pessoas começou em 1988. Hoje, somos mais de 350 colaboradores em sete centros operacionais: África, América Latina, América do Norte, Comunidade dos Estados Independentes (CIS), Oriente Médio, Ásia-Pacífico, Reino Unido e Europa. Desenvolvemos mais de 20 projetos ao redor do mundo, a maior parte deles em âmbito digital. Anualmente, os projetos on-line da CV alcançam aproximadamente 100 milhões de pessoas, gerando 100 mil mensagens e conversas sobre fé, seja por meio de landing pages, mídias sociais, rádio ou aplicativos.

O volume de engajamento dos usuários exigiu que a CV desenvolvesse serviços digitais que permitissem às equipes responder àqueles que os alcançam, conectando-os às igrejas e ministérios locais. Já em ambiente off-line, a CV apoia mais de 700 missionários, a maioria dos quais servem em comunidades em desenvolvimento e áreas devastadas por crises.

No nosso site é possível acompanhar o quanto nós alcançamos até agora em relação ao objetivo de impactar 1 bilhão de pessoas: https://www.cvglobal.co/impact-stats/. Os dados começaram a ser mensurados desde 2017. Desde então, já alcançamos mais de 61 milhões de pessoas com a mensagem de Jesus!

Dentre os diversos testemunhos que possuem, poderiam compartilhar dois ou três casos que elucidam a efetividade das novas tecnologias para alcançar os confins da terra para Cristo?

Temos um canal dentro da CV, apenas para os colaboradores, onde semanalmente compartilhamos histórias de impacto, as chamamos de “Great Stories” [“Grandes Histórias”]. Essa é uma forma de vermos o mover de Deus e a transformação na vida de pessoas que foram impactadas pelos canais digitais que disponibilizamos em todo o mundo. Em nosso site temos também um blog contando muitas histórias de impacto: https://www.cvglobal.co/pt/impacto-pt/historias/ , mas quero trazer aqui um pouquinho desses relatos.

Este é de um usuário do app aqui do Brasil: “Algo inusitado aconteceu: um casal entrou em contato comigo pelo app yesHEis! A conversa foi iniciada pelo marido pedindo ajuda para se reconciliar com Jesus, pois viu o vídeo “Para o que você está vivendo?”, por meio do qual percebeu que sua vida não poderia continuar do mesmo jeito. Conversamos sobre salvação. Assim, ele pediu ajuda para encontrar uma igreja perto de sua casa, porque ainda não frequentava nenhuma.

Nesse tempo de procura, ele comprou uma Bíblia para iniciar os seus estudos sobre quem é Jesus. Infelizmente, ainda não tínhamos igrejas parceiras em sua cidade. Quando retomei o contato para avisá-lo de que a procura demoraria um pouco mais do que o esperado, sua esposa me respondeu contando as boas notícias: eles tinham se casado e encontrado uma igreja próxima. Eles agradeceram por todo o apoio nesse novo recomeço.”

Outra história, agora do México: “Um usuário do app yesHEis escreveu dizendo que era viciado em álcool e que precisava de Deus. No entanto, relatou que ainda não tinha fé suficiente para dar sua vida completamente a Ele. Nossa equipe entrou em contato e apresentou o plano da salvação. Pouco tempo depois, o usuário escreveu novamente, dizendo que tinha orado e recebido Jesus e que já sentia paz. Passamos mais informações para que procurasse ajuda profissional, a fim de superar seu vício. Enviamos também material com as etapas que deveria seguir depois de receber Cristo. Numa mensagem, ele contou que estava muito interessado em começar a ler a Bíblia e a frequentar uma igreja.”

Poderíamos passar um longo tempo contando muitas histórias de diversas partes do mundo. O fato é que Deus está usando os meios digitais para que sua mensagem seja vista e ouvida e vidas sejam transformadas pelo Espírito Santo. O que fazemos na CV é estar disponível para conversar com essas pessoas, para acolhê-las e ajudá-las na caminhada cristã.

Muitas vezes, questões como religião ou linha teológica podem suscitar debates acalorados e polarizações. Nesse contexto, como criar conteúdo de alto impacto, que cumpra sua função evangelística e transmita a mensagem do Evangelho de forma nítida e transformadora?

De fato, estamos vivendo em uma sociedade polarizada. Porém, em todos os nossos conteúdos, falamos sobre o que nos une e não acerca do que nos separa. Jesus veio estabelecer o seu Reino na terra, onde já não somos mais judeus ou gentios, mas somos todos povo de Deus! Focamos em apresentar o amor de Deus, entregue a nós por meio de Jesus, usando imagens e conteúdos atuais e contextualizados para cada cultura e língua. É por isso que nossa equipe está distribuída em diversas equipes ao redor do mundo.

Durante uma ação na rede, quais cuidados devem ser tomados ao lidar com possíveis ruídos, como o surgimento de comentários discordantes, polêmicas e debates acalorados entre o público?

Trabalhamos com as principais redes sociais e também interagimos com os usuários de nosso aplicativo. Acompanhamos diariamente os comentários e mensagens da comunidade. Como tudo o que fazemos é aberto e está disponível a qualquer pessoa, acontece de chegar comentários ofensivos, mas também existem conversas respeitosas que possibilitam abertura para a verdade de Cristo.

Particularmente, eu já tive uma experiência muito especial nesse sentido: lendo os comentários do nosso canal no YouTube, deparei-me com um usuário criticando o Cristianismo e Jesus, mas não se tratava de um comentário ofensivo. Era apenas a opinião dele. Antes de começar a responder, eu orei e pedi para que o Espírito de Deus me usasse naquele momento. Senti claramente minha mente querendo debater, mas meus dedos digitavam palavras de amor e de respeito, trazendo verdades da Bíblia que contrapunham aquela opinião.

Dias depois, recebi a seguinte mensagem: “nunca esperava de um cristão uma resposta acolhedora, já estava pronto para ouvir críticas e julgamento pelo meu comentário. Obrigado.”

O foco é Jesus. É muito difícil amar uma pessoa como Jesus nos ama. Se nós nunca pararmos para receber esse amor do próprio Jesus, seria impossível lidar com os ruídos, comentários discordantes e polêmicas. •

Clique aqui e garanta a sua inscrição no Encontro Sepal 2020!

Leia também:

Segmentos menos evangelizados no Brasil

Anne Zaki, teóloga egípcia, marca presença no Encontro Sepal 2020

Ministério e família. Como conciliar?

    Cleiton Oliveira"> Cleiton Oliveira
    Cleiton Oliveira é jornalista, tradutor e ghostwriter de autores brasileiros. Estrategista em comunicação externa e assessoria de imprensa, é colaborador de conteúdo para a Sepal. Criador do blog "Por toda a Terra - Mensagens de vida para as nações" (portodaaterra.com), escreve artigos que falam de esperança, transformação e fé.

    Leave A Comment